terça-feira, 8 de novembro de 2016

Elogio poético à Allegra

Em ti Allegra está toda a minha afeição, és minha musa mais que perfeita, afinal, a melhor inspiração que um poeta tem é aquela que a mulher amada pode lhe conceder.

Do teu jeito de ser, leve, delicada e suave ao mesmo tempo em que és uma mulher forte, me vem a graça divina de compor os mais belos poemas de amor para ti. 

Toda a tua forma e composição me causa elevo, minha alma parece criar asas e o sentimento que me toma é a que eu consigo alçar voo para poder alcançar as mais altas nuvens do firmamento. Com certeza Allegra tu me sublimas; nada em ti é vulgar ou pobre, andas elegantemente como uma rainha do encantamento soberano entre os mortais.

O que surpreende muitas vezes em mim é o teu espírito cheio de animo que nunca se deixa abater pelas dificuldades da vida, exiges de si mesma que sempre olhes para as agruras da existência humana com leveza e humor, nunca admites seres envolvida pelo pessimismo e pela tristeza.

Sol a sol trabalhas com determinação para conseguir o teu sustento, então, todos aqueles que te contemplam sempre a vêem de cabeça erguida, afinal a dignidade está sempre tatuada em tua anima feminina.

Os teus rebentos minuto a minuto acorrem a ti, fortaleza sacra que simboliza amparo seguro para eles. Do mesmo jeito que os rios convergem para o mar, oh, Allegra, as pessoas que te amam constantemente deságuam em ti, o porto consolador de suas almas aflitas.

E eu que pareço ter sido o amigo-amante de tempos remotos, hoje também consigo encontrar apoio auxiliador em ti, dia após dia, desde que te reencontrei nesta atual vida, tu tens colocado um refulgente sorriso em meus lábios, assim como acendestes um amor romântico vigoroso dentro do meu coração.

Sou, portanto, querida, um Josué moderno que acabou achando em ti, a sua tão esperada CANAÃ PROMETIDA! 

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS 

Este elogio poético é para ti Allegra, minha Musa encantadora!!!

Nenhum comentário: